Carregando...
DIPRONotícias

História Permanente do Cinema Especial | Cinema e Psicanálise

A Fundação Clóvis Salgado dá continuidade, por meio do Cine Humberto Mauro, a aclamada mostra Cinema e Psicanálise, parceria entre a FCS e a Escola Brasileira de Psicanálise. O filme escolhido para a sessão, no dia 25 de setembro de 2020, às 17h, é Aurora (1927), de F.W. Murnau. A exibição do longa foi adaptada ao formato on-line e será transmitida ao vivo no Canal da FCS no Youtube.

A sessão será seguida de comentários de Nohemi Brown, psicóloga e psicanalista membro da Escola Brasileira de Psicanálise – EBP e da Associação Mundial de Psicanálise – AMP, com mediação da psicanalista Lúcia Grossi. Esta sessão possui correalização da Appa – Arte e Cultura. A transmissão do longa da sequência na temática da mostra on-line Expressionismo Alemão, que acontece desde o dia 7 de agosto de 2020 e reúne diversos longas-metragens de um dos movimentos cinematográficos mais influentes da história das artes.

PROGRAMAÇÃO | CINEMA E PSICANÁLISE 

25/09 | sexta-feira | 17h

Aurora, de F.W. Murnau (Sunrise: A Song of Two Humans, EUA, 1927) | 14 anos | 94′

Um homem pondera matar sua inocente esposa, mas é acometido pela culpa, e a mulher reage com terror quando suas intenções ficam claras. Enquanto isso, o marido tenta levar adiante o plano, mas é atormentado por uma sedutora mulher da cidade, que chega a assombrar os pensamentos do homem. O casal, que é do interior, acaba tendo suas vidas destruídas pela mulher que veio de fora.

Comentários: 

Nohemi Brown (Psicóloga, Mestrado na Universidad Complutense de Madrid (Revalidação UFRJ). Doutorado na Universidad Autonoma de Madrid (Revalidação UFRJ); Psicanalista Membro da AMP e da EBP; Autora do livro: Lacan y Dalí: Dos obras, dos caminos, un encuentro

Lúcia Grossi – Psicanalista membro da Escola Brasileira de Psicanálise (EBP) e da Associação Mundial de Psicanálise (AMP); formada em Psicologia pela UFMG; mestre em Filosofia pela UFMG; Doutora pela Université Paris 7, no Departamento de Psicopatologia Fundamental e Psicanálise. Publicou o livro “O Conceito de repetição em Freud”, Editora Escuta, 2002