Carregando...
Patrimônio Cultural

NOVO SITE APROXIMA FAZENDA BOA ESPERANÇA DO PÚBLICO

Espaço tombado em 1975 ganhou novo endereço na internet. Trata-se de uma oportunidade para o público saber das novidades da histórica edificação

A Fazenda Boa Esperança, jóia da arquitetura colonial, está localizada a cerca de 70 km de Belo Horizonte, no município de Belo Vale. Pertence ao Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) desde a década de 70 e já foi tombada nas esferas estadual e federal. Sua história, recheada de fatos relevantes e curiosidades, se inicia no século XVIII e acompanha a de Belo Vale.

Toda essa importância histórica, que revela como funcionava a organização social e econômica no Brasil-Colônia, é contada agora com riqueza de detalhes em um novo site, lançado pela APPA — Arte e Cultura, que gerencia as ações receptivas, educativas e de promoção do local, por meio de termo de parceria firmado com o Iepha-MG. De fácil navegação, o site é bem ilustrado e traz informações práticas para quem quer visitar o local, ou seja, como adquirir os ingressos ou agendar uma visita educativa.

O endereço eletrônico também é uma maneira de diminuir a distância entre o atrativo e as pessoas que desejam conhecê-lo. Além disso, disponibiliza um importante acervo imagético, histórico e cultural para todos os públicos, inclusive os moradores de Belo Vale e região.

Na seção “Sobre”, o público vai ficar sabendo, por exemplo, que a propriedade foi construída para fins meramente residenciais, mas chegou a abastecer a então capital Ouro Preto com produção agrícola. Também terá as principais notícias sobre os eventos e as publicações na mídia.

Na seção “Exposições”, você pode conhecer as ações educativas para o patrimônio cultural que envolvem a população. Em maio deste ano, foi inaugurada a exposição “Moradores”, com retratos em grandes proporções, que revela a ligação afetiva da comunidade com Belo Vale. A mostra também deu origem a um documentário.

Na “Galeria de Fotos”, o internauta passeia pelos espaços da edificação do século XVIII — a varanda, os detalhes da construção, a rica decoração da capela dedicada ao Nosso Senhor dos Passos, entre outros ambientes. 

No “Acesso Virtual”, pode ainda viajar por um vídeo de 24 minutos e 15 segundos que organiza a linha histórica da edificação, revelando a ocupação do Vale do Paraopeba, a chegada dos bandeirantes, as etnias indígenas que habitavam o local, a corrida do ouro, os primeiros povoamentos, as atividades econômicas na região, as comunidades quilombolas e a história do “Barão de Paraopeba”.

O novo site (fazendaboaesperanca.art.br) é resultado de um termo de parceria celebrado entre a APPA — Arte e Cultura e o Iepha-MG.

Mais informações: fbe.educativo@appa.art.br